CHOCOLATE CASEIRO: 28 ANOS

    chocolate-caseiro-ilhéus                                                                                     Pioneira na Bahia e no Nordeste do Brasil na fabricação de chocolates finos, a empresa Chocolate Caseiro Ilhéus está completando neste mês 28 anos de fundação e funcionamento ininterrupto.  Ela leva o nome de Ilhéus e da Região ao país e ao exterior, tendo exposto seus produtos em vários países, como no Salão do Chocolate de Lion, na França; na ISM de Colônia, na Alemanha. Recentemente participou do internacional Salon du Chocolat, em Salvador, Bahia. Em todas essas participações, seu chocolate foi elogiado pelo seu sabor e sua diversidade.

     Em Ilhéus sua fábrica e loja anexa se tornaram uma das principais atrações turísticas da cidade, com uma réplica de fazenda de cacau, e as figuras da Gabriela e do Nacib, personagens do escritor Jorge Amado, que também figuram em sua linha de chocolates eróticos.

     A fábrica foi inaugurada no dia 05 de outubro de 1985 pelo então Governador do Estado, João Durval Carneiro, que na ocasião destacou o pioneirismo da obra na Bahia, a “terra do cacau”,  que ainda não fabricava chocolates, enquanto em outros estados não produtores de cacau, possuíam várias fábricas de chocolate.

     A réplica da Fazenda de Cacau denominada “Fazendinha Renascer” foi inaugurada pelo então Secretário da Cultura e Turismo, Paulo Gaudenzi, cerca de dois anos depois da inauguração da Fábrica.

    O proprietário e fundador do empreendimento; e também autor do projeto arquitetônico em estilo suíço, é o engenheiro civil Hans Tosta Schaeppi, soteropolitano e cidadão ilheense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *