Saúde de Ilhéus inicia regulação dos leitos SUS

Após muitos debates entre a equipe técnica,  a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), promove o início do processo de Regulação dos Leitos SUS nos hospitais de Ilhéus que possuem contratos fixos com o município. “Esta iniciativa, além de inovadora, é de extrema importância para garantia da prestação de serviços pelos hospitais, pois, parte do princípio de que os leitos que são para atender pacientes do SUS serão marcados e controladas suas ocupações pela Central de Regulação da Macro Sul”, afirma Fernanda Cândida Ludgero, diretora de Média e Alta Complexidade da Sesau, salientando que, desta forma, haverá a garantia de que estes leitos serão ocupados exclusivamente por pacientes do SUS.

A decisão de regular os leitos hospitalares partiu da preocupação do secretário Antônio Ocké, tendo em vista a necessidade de viabilizar que os pacientes de Ilhéus tenham seus direitos reservados, visto que todo controle sobre internamentos e altas hospitalares ficarão por conta de uma Central de Regulação de Leitos. “Otimizaremos o número de leitos contratados com os hospitais privados do município que prestam serviços ao SUS e daremos mais dignidade aos munícipes de Ilhéus, que, assim, terão uma maior garantia aos leitos destes hospitais, sem necessitar ficar aguardando vagas”, afirmou Ocké.

Para a realização desta tarefa, os técnicos do município Fernanda Cândida Ludgero  e Bruno Vasconcelos, diretor da Central de Regulação, já estão visitando os hospitais em companhia de técnicos  da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para identificar e marcar os leitos hospitalares que só deverão ser ocupados por pacientes SUS após autorização da Regulação. “É importante ressaltar que em outros estados do país essa prática já esta em vigor há muitos anos por facilitar o acesso do usuário do SUS e controlar os internamentos em hospitais conveniados, tornando portanto, uma importante ferramenta de garantia do acesso dos pacientes”, atesta Antônio Ocké.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *