Turismo de Ilhéus está 25 anos atrás no tempo

porto3

Visitei Itacaré na segunda-feira e pude constatar o que é uma cidade ter como prioridade o turismo. Tudo por lá gira em torno desse segmento. Praias lotadas, cabanas faturando e gerando empregos, traslados para vários destinos do município; fazendas e suas belezas naturais recebendo turistas de todos os lugares do mundo, postos de combustíveis, mercados, lojas, restaurantes, pousadas, lojas de artesanatos, embarcações, enfim, todos ganhando com a força do turismo.

Já em Ilhéus, em pleno feriado, tudo vazio. Estamos atraindo apenas o turismo regional, de baixa renda, que pouco deixa por aqui, pouco contribui com a economia local.

O primeiro navio de cruzeiro atracou em Ilhéus na segunda-feira passada. Os turistas europeus e do norte da América preferiram ir para Itacaré, visitaram fazenda, cachoeiras, foram a praia da Concha em uma bela cabana, pagaram guias, embarcações, traslado. Ou seja, Ilhéus atraca os navios, recebe os voos e os turistas partem para outros municípios, porque será?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *