Arquivo da categoria: Saúde

Mutirão de rastreamento do câncer de mama acontece em Ilhéus neste sábado

Mulheres ilheenses terão oportunidade de realizar exame preventivo contra o câncer de mama gratuito, no próximo sábado, dia 15, quando duas equipes de especialistas de Salvador estarão no município para atuar no mutirão de rastreamento do câncer de mama, promovido pelas secretarias de saúde de Ilhéus (Sesau) e do Estado (Sesab). A ação vai ocorrer durante todo dia, na sede do Centro de Atenção Especializada (CAEIII), antigo SESP, localizado na Avenida Canavieiras, e em frente ao Posto de Saúde da Família (PSF), do Bairro Nossa Senhora da Vitória.

A abertura das atividades vai ocorrer às 8 horas, no CAEIII, com a presença dos titulares das pastas de saúde do município, Ledivia Espinheira, e do Estado, Jorge Solla, que, na oportunidade, concederá entrevista à imprensa.

Devem ser atendidas, cerca de 280 mulheres na faixa etária compreendida entre 50 e 59 anos, período em que se constata maior incidência do câncer de mama. Na oportunidade, serão realizados exames clínicos e de mamografia. Para o atendimento é preciso apresentar a carteira de identidade e o cartão do Sistema Único de Saúde (Cartão SUS).

 

Plantas não crescem perto de roteador Wi-fi

Experiência de estudantes dinamarqueses testou o efeito da radiação em plantas.

Cinco estudantes da nona série da escola Hjallerup, na Dinamarca, fizeram um experimento que está abalando a comunidade científica e a população em geral. Elas teriam provado que plantas não crescem perto de roteadores wi-fi.

Na esquerda, as plantas que cresceram na sala sem radiação e, à direita, aquelas que ficaram próximas aos roteadores.
Na esquerda, as plantas que cresceram na sala sem radiação e, à direita, aquelas que ficaram próximas aos roteadores.

Tudo começou quando elas perceberam que, ao dormir com o celular próximo de suas cabeças, não conseguiam se concentrar normalmente nas aulas no dia seguinte. A ideia inicial era testar o efeito da radiação de celulares em nossos cérebros, mas as estudantes de ensino fundamental não tinham acesso à estrutura necessária para fazer um estudo dessa magnitude. Decidiram, então, testar o efeito da radiação em uma planta.

As estudantes prepararam bandejas cheias de Lepidium sativum, conhecido no Brasil como agrião de jardim, e colocaram seis dos recipientes em uma sala sem radiação e outros seis em outra sala, onde ficavam próximos a dois roteadores. De acordo com os cálculos das alunas, o equipamento emitia o mesmo tipo de radiação do que um celular comum.

O experimento durou 12 dias, no qual as plantas foram observadas, medidas e fotografadas. No fim do período, o óbvio: as plantas próximas aos roteadores não haviam crescido – boa parte delas estava morta. Enquanto isso, na sala sem radiação, o cultivo teve sucesso.

Cientistas criam dispositivo subcutâneo que monitora sangue

Cientistas na Suíça desenvolveram um dispositivo minúsculo e subcutâneo que faz exames de sangue e envia os resultados imediatamente via celular.

A equipe, da Escola Politécnica Federal de Lausanne, afirma que o protótipo de apenas 14 milímetros pode ser usado para detectar cinco substâncias diferentes no sangue.

Os resultados podem, então, ser enviados para o médico por meio da tecnologia bluetooth.

O dispositivo minúsculo poderá ser inserido no paciente com uma seringa, logo abaixo da pele de locais do corpo como abdome, pernas ou braços. Os cientistas dizem que é possível manter o mecanismo no local por meses e só depois é necessário removê-lo ou substitui-lo.

Segundo os inventores do protótipo, o dispositivo estará disponível para o público dentro de quatro anos.

Foto: École Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL)
Com apenas 14 milímetros, protótipo pode ser inserido embaixo da pele com a ajuda de agulha

Continue lendo

Cientistas britânicos criam exame barato para detectar câncer e Aids

O exame ainda é um protótipo e revela a presença de uma doença ou de um vírus – mesmo em pequena quantidade no corpo – usando um sistema de cores. Um químico desenvolvido pelos cientistas muda de cor quando entra em contato com o sangue do paciente.

Se um determinado componente da doença ou vírus estiver presente, o reagente químico fica azul. Caso não haja doença ou vírus, o líquido fica vermelho.

A pesquisa do Imperial College de Londres foi divulgada na revista especializada Nature Nanotechnology.

Continue lendo

ILHÉUS TEM 29 CASOS DE SÍFILIS REGISTRADOS

Dados atualizados da Secretaria Estadual de Saúde revelam que este ano foram notificados 567 casos de sífilis em gestantes em todo o estado. No sul da Bahia são 60 ocorrências.

O município com maior quantidade de casos é Ilhéus, com 29.

O segundo é Camacan, com 7 ocorrências. Outros municípios do sul da Bahia com registros são Arataca, Canavieiras, Coaraci, Floresta Azul, Itagibá, Itapé, Itororó, Jussari, Mascote, Pau Brasil e Una.

Salvador é a localidade com maior quantidade de casos de sífilis em gestantes, com 216. Depois da capital e de Ilhéus, aparecem Teixeira de Freitas, Juazeiro e Jequié. Cada um com 16 casos de sífilis em gestantes.

Santa Casa de Itabuna promove curso de Doação de Órgãos

Será realizado na quinta-feira (9) o curso Processo de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes com três palestras agendadas para o auditório do Hospital Calixto Midlej Filho. Com a presença do Coordenador Estadual de Transplantes da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), Eraldo Moura, o curso deverá capacitar profissionais da assistência sobre os procedimentos técnicos e burocráticos para otimizar doações de órgãos e tecidos dentro das unidades hospitalares.

De acordo com a programação, o curso será aberto às 18h30min com a palestra da enfermeira da OPO, Daniela Navarro, que falará sobre o Processo de doação de órgãos e tecidos. A seguir, o médico coordenador Estadual de Transplantes, Eraldo Moura, falará sobre dois temas centrais: Morte encefálica; e Manutenção do Potencial Doador. A carga horária será de quatro horas e serão emitidos certificados de participação para os presentes.  

Continue lendo

Limpe seus rins por menos de R$ 1,00

Os anos passam e nossos  rins vão filtrando nosso sangue para remover o sal e outros intoxicantes que entram no organismo.

 Com o tempo, o sal se acumula e precisamos de uma limpeza. Como fazer isso?

De um modo simples e barato: Pegue um maço de salsa e lave bem. Corte bem picadinho e ponha em uma vasilha com água limpa. Ferva por 10 minutos e deixe esfriar. Coe, ponha em uma jarra com tampa e guarde na geladeira. Beba um copo todos os dias, e você vai perceber que o sal e outros venenos acumulados nos rins saem na urina.
Você vai notar a diferença!
Há muitos anos a salsa é reconhecida como o melhor tratamento de limpeza dos rins.
E é um remédio natural!
A salsa é uma das ervas com propriedades terapêuticas menos reconhecidas.  Ela contém mais vitamina  C do que qualquer outro vegetal da nossa culinária (166mg por 100g).

Isso é três vezes mais que a laranja.
A salsa contém também ferro  (5.5mg /100g), manganésio (2.7mg / 100g), cálcio  (245mg / 100g) e potássio (1mg / 100g) .. Sendo  recomendada para pedra nos rins, reumatismo e cólica menstrual.
Sua alta concentração de vitamina C ajuda na absorção de ferro.
O suco de  salsa, sendo uma bebida natural,  pode ser tomado misturado com outros sucos, 3 vezes ao dia.

As folhas podem ser mantidas no congelador, e seu uso é recomendo na culinária diária, pois além de saudáveis, dão ótimo sabor a qualquer receita.

Dica do engenheiro químico Hernani Sá

Ilheense que cuida da vida humana

A ilheense, Núbia Mendonça foi eleita a mulher mais influente na categoria “Medicina e Saúde” pela Revista Forbes Brasil.
 
Referência no combate ao câncer infantil, é consultora da Unidade de Oncologia Pediátrica do HOSPITAL SÃO RAFAEL / ONCO e Diretora de relações institucionais do GRUPO DE APOIO À CRIANÇA COM CÂNCER que disponibiliza hospedagem, tratamento complementar, alimentação, transporte, exames e medicação para crianças e adolescentes.
 
“Mais dura, longa e difícil é a luta destas crianças, que passam por obstáculos como a falta de informações, recursos e acesso às instituições”, comenta a médica com genuína sensibilidade.
 
Incansável, colhe os resultados de 43 anos de medicina, dos quais, 35 dedicados a oncologia pediátrica. 
 
 
“Procuramos dar todo apoio necessário para que elas não abandonem o tratamento, e graças a isto chegamos a índices superiores a 70% de cura”.
 
 
Núbia é membro atuante das: Sociedade Brasileira de Pediatria, Sociedade Internacional de Oncologia Pediátrica e Sociedade Internacional de Histiocitoses. Vice-presidente da Academia Brasileira de Pediatria, diretora de Relações Institucionais do GACC / BA, conselheira do Instituto RONALD Mc DONALD e da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica. 
 
 
Autora do livro “Manual do diagnóstico do câncer na criança”, recebeu diversas premiações e homenagens, destacando-se o de cidadã de Salvador e prêmio Sensibilidade e Liderança.
 
 
 
Venha conhecer Dra. Núbia Mendonça, uma mulher vitoriosa que cuida do corpo e da alma das nossas crianças e adolescentes. 
 
 
A saúde e as crianças são nossos bens mais preciosos! 
 
 
Veja o site: www.gaccbahia.org.br e informe-se sobre as ações do grupo e assista ao vídeo Ação Global. Seja um voluntário você também!

Fundação HEMOBA passa a fornecer hemocomponentes para a região cacaueira‏

A partir do dia 05/01, a Fundação HEMOBA assumiu o fornecimento de hemocomponentes para o Hospital Geral Luiz Viana Filho, localizado na cidade de Ilhéus. Para firmar a parceria, estiveram na unidade o Diretor Geral da Fundação HEMOBA, Dr. Roberto Schlindwein, o Diretor de Hemoterapia da Fundação HEMOBA, Dr. Marinho Marques, e a Coordenadora da Hemorrede, Elizabete Rocha. Com esta importante ação, a HEMOBA se faz presente também na região cacaueira, garantindo o fornecimento de concentrado de hemácias, plasma, plaquetas e crioprecipitado para os pacientes atendidos no referido hospital. O ganho é ainda maior para os pacientes com anemia falciforme que terão acesso a hemácias filtradas, reduzindo a chance de reação transfusional nestes pacientes que recebem transfusão regularmente. Também foram fornecidos ao hospital pela Fundação HEMOBA uma centrífuga de bancada para ser utilizada durante as provas de compatibilidade e um agitador de plaquetas, equipamento este que permite à unidade ter um estoque mínimo de plaquetas a fim de atender à demanda de forma mais imediata.
Na foto da esquerda para a direita encontram-se Enfª Valéria Lino Coordenadora de Enfermagem, Téc. de Enfermagem Exupério Farias, Coordenadora da Hemorrede Elizabete Rocha (sentada) e a Téc. de Enfermagem Maria José.
Postado por: http://fundacaohemoba.blogspot.com/

Informação enviada pelo SINDSAÚDE-Ilhéus: Delegada Rita de Cássia e radialista DRT-Ba 1939 /delegado: Exupério Farias. (Funcionários do H.G.L.V.Filho em Ilhéus-Ba.

Alergista ilheense esteve no Congresso Brasileiro de Alergia e Imunopatologia

A pediatra e alergologista Luciana Albuquerque

A pediatra ilheense Luciana Albuquerque, especialista em alergia e imunologia clínica pela Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia, participou, na semana passada, do 38º Congresso Brasileiro de Alergia e Imunopatologia e do 3º. Simpósio Internacional sobre o Lactente Sibilante, realizados em Fortaleza, Ceará.  O tema central do evento foi “Imunoterapia Específica – a jovem centenária!”. Durante as palestras, os especialistas reiteraram conhecimentos na área e se atualizaram com o que há de mais moderno na prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças alérgicas.

Segundo Luciana, “a Imunoterapia Específica (ou vacina para alergia), quando bem indicada por um especialista, é o único tratamento capaz de reduzir sintomas e crises alérgicas a longo prazo, bem como reduzir o uso de medicações e hospitalizações, além de alterar o curso de evolução natural da doença, interrompendo a progressão da mesma.” Ela explicou que dentre as principais doenças alérgicas ou atopias, destacam-se a rinite alérgica, asma, dermatite atópica, conjuntivite alérgica, síndrome do lactente sibilante, alergia a picada de insetos e alergia a medicações.

Continue lendo

MUTIRÃO DA COLUNA SEGUE ATÉ SEXTA

Desde a última segunda-feira (24), quatro professores e 26 residentes de faculdades de Davenport, no estado norte-americano de Iowa, participam em Ilhéus de mutirão da coluna. O atendimento acontece gratuitamente no auditório do Centro de Testagem e Amostragem (antiga Fundação-Sesp), na Avenida Canavieiras. Uma das propostas é promover a avaliação postural e cuidados com a coluna da população e posteriormente encaminhar o paciente a profissionais especializados para tratamentos.

Hoje (26) o atendimento começa ás 14 horas e segue até 17 horas. Amanha e na sexta-feira, ultimo dia de atendimento, o mutiraão começa ás 9 horas e vai até ás 16. Um dos integrantes da comissão organizadora do evento, o quiropraxista Itury Borges Bastos, disse que a ação tem o objetivo de atender a população de todas as faixas etárias que sofrem com dores de coluna. A ação é em parceria entre a Secretaria da Saúde de Ilhéus e o projeto Cidade-Irmãs. O atendimento é realizado por quiropraxistas e 20 residentes da “Cidade-Irmã” de Ilhéus, Davenport, no estado norte-americano de Iowa. O apoio é da Clínica de Quiropraxia de Ilhéus.

O projeto Cidades-Irmãs tem a finalidade de criar relações e mecanismos protocolares, essencialmente nos níveis econômico e cultural, através dos quais cidades de áreas geográficas ou políticas distintas estabelecem laços de cooperação.

Ilhéus e Davenport possuem a titulação de cidades-irmãs desde 2004. Os quiropraxistas são da faculdade Palmer College of Chiropractice, que possui 115 anos de existência

ÁGUA SANITÁRIA MATA MOSQUITO DA DENGUE E IMPEDE PROLIFERAÇÃO POR 20 DIAS

A água sanitária mata em até 24h a larva do aedes aegypt,  segundo uma pesquisa da Abiclor (Associação Brasileira das Indústrias de Álcalis, Cloro e Derivados).

O uso de 10 ml produto, diluída em 1 litro de água, é eficaz no combate à larva do mosquito transmissor da dengue por até 20 dias.

O estudo foi feito pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), da Universidade de São Paulo (USP). A ação por 20 dias é possível devido ao alto poder residual do cloro.

Os pesquisadores garantem que a mistura não faz mal às plantas e evita o desenvolvimento da dengue.

PROGRAMA SAÚDE EM MOVIMENTO – RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA INICIA ATIVIDADES NA BAHIA

Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) mostram que o número de casos novos de câncer de mama esperados para 2011 na Bahia é de 1.970, sendo 780 na capital. Até maio de 2011, foram registrados 217 óbitos em mulheres. Para mudar esta estimativa, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde e das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), iniciou neste sábado (1º), o programa Saúde em Movimento – Rastreamento do Câncer de Mama.

A primeira cidade a receber a ação foi Itaberaba, a 267 quilômetros de Salvador, onde estiveram presentes o governador Jaques Wagner, a primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, Fátima Mendonça, entre outras autoridades.

O objetivo da iniciativa é realizar mamografia em 4.451 mulheres entre 50 a 69 anos. Além de Itaberaba, mais 13 cidades do Centro-Leste receberão a primeira etapa do programa. A região foi escolhida por conter o segundo maior número de mulheres na faixa etária de maior risco para a doença.

Continue lendo

3º Workshop de Patologia será realizado em Ilhéus

Com promoção da Faculdade de Ilhéus, o 3º Workshop de Patologia será realizado nos próximos dias 28 e 29 de outubro, no auditório da sede da instituição, com o tema central “A Importância do Diagnóstico Laboratorial para a Patologia”. A solenidade de abertura, às18h30min, contará com uma palestra sobre o tema “Medicina Laboratorial Aplicada às Ciências da Saúde”, que será proferida pelo médico Guilherme Furtado, presença assídua no quadro SOS Mais Você, do programa apresentado por Ana Maria Braga, da Rede Globo.

Continue lendo

Sesab realiza no próximo sábado segunda etapa da vacinação contra pólio

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio do Programa Estadual de Imunização, realiza no próximo sábado (13) a segunda etapa da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite. O objetivo é imunizar, no mínimo, 95% do grupo da faixa etária com menos de 5 anos  (1.026.680 crianças). Funcionarão oito mil postos (fixos e volantes) em todo o estado, com a atuação de 27.400 trabalhadores e voluntários, que utilizarão 2.500 veículos.

Na primeira etapa da campanha, em junho deste ano, 98,59% das crianças foram vacinadas. Para a segunda etapa, a coordenadora do Programa Estadual de Vacinação, Fátima Guirra, espera que os pais ou responsáveis compareçam em massa aos postos para que meninos e meninas recebam a nova dose da vacina. Todas as crianças de 0 a 5 anos deverão ser imunizadas com a segunda dose oral independente de ter recebido ou não anteriormente

Doença ainda ocorre em 26 países – Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que 26 países ainda registram casos de poliomielite. Quatro desses são endêmicos – Afeganistão, Índia, Nigéria e Paquistão. Em 2010 ocorreram 1.286 casos no mundo.

Manter o Brasil na condição de país certificado internacionalmente para a erradicação da poliomielite, estabelecendo proteção coletiva e a disseminação do vírus vacinal no meio ambiente, é o objetivo do Ministério da Saúde para a realização da campanha anualmente no país.

Artigo de utilidade pública sobre glaucoma – Cuidando da visão com Dr. Antônio Nogueira‏

O que é glaucoma

O glaucoma é um grupo de doenças que danifica o nervo ótico do olho e resulta em perda de visão e cegueira. Ainda que glaucoma possa atacar qualquer um, o risco é muito maior para pessoas acima dos 60 anos de idade.

Há vários tipos diferentes de glaucoma. A maioria dos tipos envolve o sistema de drenagem dentro do olho. Na parte da frente do olho há um pequeno espaço chamado câmara anterior. Um líquido claro flui através dessa câmara e molha e nutre tecidos próximos.

No glaucoma, por razões ainda desconhecidas, o fluido drena muito lentamente para fora do olho. À medida que o fluido se acumula, a pressão dentro do olho aumenta. A menos que essa pressão seja controlada, pode ocorrer dano ao nervo ótico e outras partes do olho que resultam em perda de visão.

Continue lendo

Nova Clínica de Estética em Ilhéus

Na última sexta-feira, 1º de abril ,às 20h, foi inaugurada a Renov, uma clínica que chega para inovar e renovar nos tratamentos de estética e fisioterapia na região. Pensando em resgatar e melhorar a auto-estima de seus clientes, a Renov investiu numa excelente estrutura, que alia conforto, qualidade, novos tratamentos, produtos de alta qualidade e profissionais altamente especializados nas mais diversas áreas, como médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, esteticistas, acupunturistas, massoterapeutas e educadores físicos. A nova clínica tem à frente o profissionalismo e competência das irmãs Vanessa Dantas (Fisioterapeuta, especialista em Dermato Funcional e membro da Sociedade Brasileira de Laser) e Viviane Dantas (analista de sistemas, MBA em Administração e Marketing). O objetivo das empresárias é aliar estética e saúde, oferecendo modernas e avançadas técnicas de tratamento.

 

Continue lendo

A SAÚDE DA ATM

A ATM – Articulação Temporomandibular é uma parte sensível do corpo humano. Fica perto do ouvido e faz a ligação entre o osso temporal e a mandíbula sendo responsável pela deglutição, fala e alguns movimentos complexos. É uma região que precisa funcionar perfeitamente, porque se houver qualquer tipo de disfunção, a pessoa sofre, mas sofre muito mesmo: são dores de cabeça, na articulação da mandíbula, no ouvido, no pescoço, estalos ao abrir a boca, inflamação dos nervos da face, ranger ou apertar dos dentes, zumbidos e por aí vai.

A DTM que é a disfunção temporomandibular é muito mais comum do que se imagina e aumenta cada vez mais, pois está relacionada diretamente com o estresse.  São problemas gerados principalmente por alterações posturais, fraqueza muscular, alterações na oclusão dentária, lesões traumáticas ou degenerativas, ausência dentária, fatores psicológicos e emocionais e até mesmo hábitos inadequados como mastigar o alimento com um lado só da boca, apoiar a mão no queixo, morder caneta e lápis. Fisioterapeuta especialista em ortopedia e traumatologia, Thiago Mesquita, explica que o diagnóstico da DTM não é feito com um destes fatores isolado apenas, mas sim com a associação entre eles.

Continue lendo